quarta-feira, 11 de julho de 2007

DIRETAS JÁ NO CONSELHO DE CULTURA DE CUBATÃO

“o homem só envelhece,
quando os lamentos
substituem os sonhos”

Manifesto: Diretas Já!
No Conselho Municipal de Cultura

Por meio desta, queremos manifestar a todos e junto a todos nossa consciência de cidadãos, e requisitar nossos verdadeiros direitos. O direito ao voto, a escolha e mais do que tudo a participação ativa no Conselho Municipal de Cultura das partes realmente envolvidas e interessadas em melhorar a Cultura da população de Cubatão. Partindo deste princípio defendemos não somente a eleição como a participação constante dos movimentos culturais locais.

Todos os artistas são iguais, independente de sua área de atuação, prova máxima da expressividade e pluralidade cultural. Limitar a participação do grande coletivo artístico de nossa cidade diante a votação de seus respectivos representantes junto ao Conselho Municipal de Cultura, nada mais é que segregar, ou seja, censurar a participação da comunidade cultural junto a este “fórum” de debates e proposições. Queremos aqui apresentar a nossas propostas a aqueles que realmente se interessam em transformar de fato o processo cultural implementado nesta cidade.

O objetivo é ampliar o espaço de participação de todos os artistas, impedindo que um pequeno grupo seja favorecido e os demais esquecidos. Do escritor internacional ao malabares de farol, do cantor de boteco ao dono de uma empresa de difusão cultural. Pois todos estes fazem parte da cadeia cultural e merecem ter o direito de votar diretamente em seus representantes.

É necessário acabar com esse funil que existe hoje, onde ao invés de reunir o movimento cultural para debater formas de atuação, acaba por transformar-se em espaço para o debate de “espaço político”. O conselho é dos Agentes culturais da cidade, por isso defendemos hoje que a próxima eleição seja de forma Direta por segmento. Somente assim vamos dar um passo a frente na desmistificação dos verdadeiros representantes do Movimento Cultural.

Propomos ainda as Plenárias Populares de Cultura, a serem realizadas a cada 4 meses com o propósito de avaliar os trabalhos que o conselho vem executando, como também, definir novas linhas de atuação.


É o povo participando, conhecendo e sendo agente modificador da Cultura de sua terra e você artista de Cubatão sendo valorizado, respeitado e informado de tudo que lhe diz respeito.